27.3.14

Labirinto Emocional

Busca, busca, busca e nunca encontra um oásis para repousar e acalentar o coração sempre tão vazio e perdido. Assim é a pessoa que não sabe a que veio, que não sabe qual o seu papel neste mundo simples, porém indecifrável em sua mente sempre tão obscura e confusa.

2 comentários:

Lucas - Blog: Overture disse...

Descreveste a maior parte das pessoas, cujo único diferencial entre si é o grau de obscuridade e confusão. O mundo está obscuro e confuso, justo porque, como de forma tão bela disseste, as pessoas buscam a solução onde não há respostas, buscam a água que lhes mate a sede no deserto das soluções que não passam pela ética, pela moral ou pela consciência. Molto belo. Beijossssssss pequena.

Liza Leal disse...

Viver, antes de mais nada, é uma busca constante. Um aprendizado recheado de altos e baixos. Certos momentos são perfeitamente eternos, outros - inaceitáveis.
Qto mais efêmera a busca, maior o vazio. Cada história vivida é um rio em eterno movimento.

bjo e luz, linda!
=)