22.3.13










das crianças eu queria a inocência,
a pureza de viver o agora.
desconhecer a existência dos problemas,
de toda dor que no peito aflora.

19.3.13

Deitando a Consciência

Mas a minha consciência, essa precisa estar tranquila. Não pelos outros, mas por mim - pela minha saúde e integridade física e emocional. Para que eu deite à noite e um bom travesseiro me seja o único ansiolítico necessário.

18.3.13




e mesmo os fortes têm momentos de fraqueza.
e mesmo os que dão o ombro precisam de colo.

13.3.13

Homens Néscios


É tanta maldade, tanto egoísmo, tanta arrogância. É imensa a futilidade, a vulgaridade e o vazio que assola cada vez mais o homem. 

As universidades estão cheias, as livrarias vendem como nunca. O ser humano está cheio de conhecimento, cada vez mais graduado, transbordando informação. 

De que adianta essa busca insaciável pelo saber, essa batalha diária para maiores e melhores conquistas, se o essencial - o amor e suas nuances - está cada vez mais em desuso? De que vale tanto investimento em nós mesmos, se não conseguimos enxergar o próximo, se não conseguimos exercer o papel de "ser inteligente" - acessório que deveria diferenciar-nos das outras espécies - com paz, benignidade, mansidão, domínio próprio? 

Ai de nós, seres humanos! Ai de nós que acreditamos na mentira das aparências, que julgamos tudo pela capa - segundo nossos olhos míopes - e, convencidos e orgulhosos de nossos feitos, seguimos acreditando em nossa constante evolução.

Sobra-nos conhecimento, mas falta-nos sabedoria; e é esse desequilíbrio a causa maior de nossa eterna desavença com a genuína felicidade.

7.3.13

Chuva de Março

3109484913_1_3_hlip2uim_large
Chove com abundância. Chuva típica de verão.
Melhor seria essa chuva no mato - 
Aroma de campo molhado, de terra subindo do chão.

1.3.13

Eis o Grande Desafio

Apesar dos problemas, das dificuldades enfrentadas no decorrer da vida, sempre me recusei a assumir o papel de vítima e transformar-me numa pessoa infeliz, amargurada. A vida, como disse o poeta, exige da gente coragem. Sobreviver é muito fácil, basta pulsar o coração; viver - eis o grande desafio.