15.6.12

Tarde de Verão

pés descalços pisando o chão.
braços abertos girando como pião.
e por alguns instantes, ao som dos trovões,

voltar a ser criança sob a chuva de verão.

9.6.12

Não Troco Por Nada






 o calor do abraço apertado
 a emoção do beijo apaixonado
 o arrepio das palavras sussurradas
 a intimidade das pernas entrelaçadas


(não troco por nada)

5.6.12

Cansei. Tô Cansada.

cansei da pequena janela por onde se avista metades.
tô cansada de meio sorriso, meia vida, meia felicidade.
cansei dessa fresta por onde só passa meia porção.
tô cansada do pouco, da migalha, de ilusão.
cansei de reprimir minha ânsia por intensidade.
tô cansada de viver de mentira, fingindo que é de verdade.
cansei de doses lights, de achar que o pouco é suficiente.
tô cansada de querer acreditar que talvez eu nem seja assim tão exigente.
cansei de dizer que tá tudo bem, quando na verdade eu tô é farta.
cansei. tô cansada. tô repleta de tanta coisa que somada é quase nada.

1.6.12

Viver, Observar, Refletir

o homem e seu amigo ↔ o cão e seu amigo
nenhuma palavra ↔ cumplicidade plenaFoto -
onde: Plaza la Capitanía - Las Condes, Santiago, Chile 
personagens: desconhecidos