15.5.12

Pobre Homem Rico

era inteligente, bem relacionado, 
bem sucedido, realizado. 
vida profissional e social irretocáveis.
uma trajetória fascinante.
voltava para casa na escuridão da noite, 
convencido de que era um homem brilhante.
mas no eco de sua casa grande, vazia de outros habitantes,
ouvia apenas o som dos próprios passos e da respiração ofegante.
olhar fixo na parede nua, admitia que não era feliz o bastante.
e só dormia de madrugada, depois da dose habitual de calmante,
enfiado em seu pijama caro, comprado em viagem distante.

8 comentários:

nilson disse...

Solidão de tantos "fortes"...

Rui Pascoal disse...

"Era inteligente"... era mesmo?
:)

PauloSilva disse...

O sucesso não é tudo, por dentro estão podres... Mais que partidos.

Um abraço.

AquilesMarchel disse...

comprando alegria em capsulas

:/

voltei as blogs

Tais Luso disse...

Pois é, rico e solitário, não será a amarga verdade que o dinheiro em demasia traz?
Gostei!

bjs, hoje fazendo uma tournée pelos amigos.

Anônimo disse...

wonderful post.Never knew this, regards for letting me know.

MANIE disse...

medo de me tornar assim... não! eca, jamais

Fred Goulart disse...

Há coisas que complementam outras, mas há algumas que não podemos viver sem...

adoro seus textos.

:D


Mais tarde de uma passadinha Muchas Coisas;
http://muchascoisas.blogspot.com.br/