1.3.12

Ninguém é Uma Ilha

Uma viagem sem emoção é apenas transferência de corpo de um lugar para outro.
Um coração sem amor é só uma parte do todo.
Inteligência sem sabedoria não passa de conhecimento morto.
Dinheiro no banco, sem bons motivos para desfrutar, 
nada mais é do que um bocado de papel - falsa sensação de bem estar.
Uma casa sem alegria? É só um teto, uma moradia.
Palavra sem atitude é eco, triste som sem melodia.
De que valem as realizações se não tiver com quem compartilhar?
Jamais estará repleto, se faltar alguém para amar.
Ah, não se iluda, não se engane! Nada tem valor sem companhia.
Porque ninguém, meu bem, ninguém é uma ilha.

6 comentários:

Rui Pascoal disse...

"Ninguém é uma ilha"... mas pode ser um porto de abrigo.
:)

Beijos ou preferes ósculos?

✿ chica disse...

Linda verdade... Não somos mesmo!!beijos,chica

Meire Oliveira disse...

Lindo esse blog! Parabéns :)
Ninguém mesmo é uma ilha, as companhias dão a afinação exata para as cordas do nosso coração!


bjos de luz e carinho.

Alê disse...

Vi teu blog no face,

Doce! Doce!

#Queen disse...

Algumas pessoas são forçadas a serem ilhas, ainda que não queiram...
Por mais que tentem se juntar ao continente a maré insiste em empurrar para longe =/

(sei q não tenho vida, apenas atividade orgânica)

Anônimo disse...

Excelente, parabéns pelo poema. Ilhas existem aos montes. Terra firme, só para os fortes de atitudes e bons de alma e coração. Sds