6.9.11

O Enxadrista


As peças são movimentadas no tabuleiro, deslocadas como melhor convém, entre as casas claras e as escuras (o que se vê, o que se oculta).

Estrategicamente manipuladas - torres, dama, rei, bispos, cavalos e peões - atendem às necessidades do jogador, e tão somente dele. São peças, nada mais do que isso. Usadas. Sim, usadas no sentido mais amplo da palavra, num jogo onde não existe o elemento sorte.

Ao redor do manipulador, acotovelam-se os sorridentes bajuladores. E são muitos. Aplaudem o enxadrista em todas as suas jogadas. Bravo! Não importa  quem  é  a  peça da vez, o seu valor ou destino na brincadeira. Dançam conforme a música. O que vale nesse círculo é o jogo de conveniências, a lisonja interesseira.

Enfim, xeque-mate: o rei está morto. E como já se sabe, "rei morto, rei posto". Viva o rei!

10 comentários:

Martini Bianco disse...

Le roi est mórt, vive le roi! :)

Liza Leal disse...

Oi Amélie!
mto bom retornar ao teu blog.
Um encanto SÓ!...

bjim
=)

Aline Barra disse...

Xeque-mate! Très bonne!!!


Abraços!

Rui Pascoal disse...

Peças “estrategicamente manipuladas” significa que não se podem (ou não querem?) mover livremente…
O jogo fica viciado e sem graça…
Assim não jogo.
:(

Suzana Martins disse...

Preciso colocar algumas "coisas" em xeque...

Beijos

Joii disse...

O que seria a vida sem estratégia e ousadia? Estou de regresso, e adorei ter retornado. Bom feriado pra ti. Bjs da jooi.

Anônimo disse...

Pour que le roi meurt , parfois la reine doit etre sacrifiée...

artebaiao disse...

Como na vida....
Como no quotidiano...
Excelente imagem! Verdadeiros parabéns!!

Menina no Sotão disse...

Eu acho que na vida a gente vive colocando coisas em xeque, mas nem sempre faz os movimentos certos e o xeque mate acaba sendo doloroso demais. Enfim, é a vida, viva o rei...

bacio

Eliete disse...

Ao ler seu texto veio-me à mente algumas situações e algumas pessoas que jogam o xadrez da vida.Ufa! xô. Xeque-mate nelas.bjs