23.9.11

Eu  quero  MAIS,

                                                                                                             muito mais

                        que apenas   o  respirar

                                                         e  o  pulsar  do  coração.


14 comentários:

Rui Pascoal disse...

"Quem tem bastante no seu interior, pouco precisa de fora."

Laís Pâmela disse...

Não é só você que quer mais não.
Eu também, quero MUITO mais, muito mais mesmo.
Beijo.

Suzana Martins disse...

Quero a leveza do ar...

Beijos

Karla Dias disse...

Eu também...
Sempre.
Bjs

Monalisa Macêdo. disse...

Que coisa lindaaaaa!
Eu também quero maaais, muiito maiis!
-Estar viva pra mim não basta, eu quero viver!-

ROSANA VENTURA disse...

Ai eu também !
Bjosss

Mara Ribeiro disse...

Quero amar,mas com meu coração tranquilo...sem atropelos.
Bjo no coração.

Menina no Sotão disse...

Querer mais é bom, mas eu já fico satisfeita com o pulsar das emoções e o sentir das coisas. rs
bacio

Gislãne Gonçalves disse...

Querer mais é nossa sina!

Beijos

luiz gustavo disse...

poema de vidro




meu olho que
brado
o espelho des-
cor
tina
a (o)fe
re
nda

que finda
onde (in)venta
a caverna do meu corpo
à venda meu olho nu

no céu da boca
a língua en-
rola

no ralo no rêgo no raio
que me parta ao meio

em cada verso o dia vadio
invade os sentidos
dos (im)pulsos

da tua vidraça embaçada
de chuva de lág
rimas
de dor encardida

do riso do rio
do meu riacho
que o sonho é

bem pior
do que o hálito
noturno de estrelas
do hábito da órbita
do olho da víbora

- vou-me embora -

recordando o dia
em que suicida
entrei pelo cano
e acabei aqui

- envelhecido -

o verbo
atravessando
o coração de vidro

Margot Félix disse...

Vim retribuir sua visita e fiquei apaixonada. Que blog lindo. *_*

Estarei sempre aqui!

Bjos!

Sâmy disse...

Ameei esse cantinho, voltarei sempre!

Esepero sua visita iluminada no Crônicas:

http://cronicasrapidas.blogspot.com/

Cibele disse...

Cherie, amei sua visita!!!
Meu carinho pra vc.
Bjo

nydia bonetti disse...

Que beleza tua poesia...! Que boa surpresa encontrar teus escritos. Abraço!