29.8.11

Meu Jardim

À frente da minha casa, mais precisamente do lado esquerdo, tem um jardim. Ali, naquele cantinho conhecido por coração, há muitas flores de uma espécie abundante chamada "pessoas". Queridas flores que ao longo da vida são plantadas, nunca colhidas.

Há fases em que o jardim está repleto: familiares, amigos, amor. Primavera em meu coração.

Algumas dessas flores são consumidas por excesso de exposição  ao sol, tragadas por chuvas intensas, enfraquecidas por falta de nutrientes, sufocadas pela presença  de ervas daninhas. Por isso, elas nunca estarão todas juntas - ao mesmo tempo -ocupando meu jardim. Pela ordem natural da vida, nascerão, crescerão, morrerão. Em épocas diferentes, em situações distintas. Mas dentro de mim, jamais  partirão por completo. Como todo bom perfume, volta e meia serão lembradas.

Procuro, da melhor maneira possível, cuidar do meu jardim, razão da minha existência. Sem ele, coração, não existo; sem elas, as pessoas, não faço sentido. Tento ser bom jardineiro, mas sei que  por excesso de zelo, ou falta dele, vez em quando deixo a desejar. Peço, então, às minhas preciosas flores, que tenham paciência. Sei o quanto são delicadas e minhas mãos tantas vezes pesadas.

12 comentários:

Blossom Cherry disse...

eu amei! =)

Rui Pascoal disse...

Nunca serei uma flor mas gostava de ser uma simples ervinha nesse teu lindo jardim. Posso?

“Eu sou como o capim, não dou fruto nem faço sombra. E nesta terra isso é uma coisa boa. Ninguém repara em nós” (José Eduardo Agualusa)

Lizete Delmonte Ferraz disse...

Tô como o Rui: também quero ser uma pequena flor nesse teu encantado jardim...

Essa falta de adubo, de regar e fazer as podas necessárias faz parte da vida, quando passamos por atribulações...é só não se esquecer e deixar morrer...

Lindíssimo texto...andas muito inspirada...
Beijos com carinho
Liz

Liza Leal disse...

Lindíssimo!
=)
Boa noite!
.
bjo

Anônimo disse...

Pas d´epines, pas de fleurs, la terre soudain les refera rejaillir

Karla Dias disse...

"Borboleta parece flor
que o vento tirou pra dançar,
flor parece gente,
pois somos sementes
do qua ainda virá..."

BOm dia.
beijos

Rebequinha Clemente disse...

Oiee eu gostei muito do seu Bloguinho,vc tambem escreve coisas Lindas como a Lizete e o blog tresoros,ja estou seguindo,vem me visitar e ver o clip da Semana,bjs
Rebequinha

Luna Sanchez disse...

Que bonita metáfora! Gostei.

Um beijo.

artebaiao disse...

Bom te reler!!!
Um bom abraço.

Be Lins disse...

Delicadas palavras,
parecem mesmo um jardim.

Lindeza!

placco araujo disse...

Querida anônimo... (Sandra?)

Vou endossar as palavras da Luna..linda metáfora..
Linda você..

Adorei tudo aqui, inclusive a trilha musical...

(procure conhecer ZAZ, uma jovem cantora francesa, que lembra Edith Piaf, mas com uma alegria de viver, que nos contagia...)

Continue cuidando deste seu jardim... voltarei outras vêzes, para roubar um pouco deste carinho das suas mãos..

Edson

Karla Tabalipa disse...

Tenho certeza que és uma jardineira cuidadosa e dedicada! =) Felizes as flores cuidadas por ti! ♥


Beijos babe!