22.7.10

Fuga

As vezes eu queria ter mais coragem, ser inabalável.
Virar as costas para tudo o que me faz mal.
Tomar decisões fria e racionalmente.
E não sentir culpa ou pesar.

Mas não consigo.

E nessas horas, eu gostaria de ser outra pessoa.
Quem sabe ser um pássaro ou até mesmo um tatu.
Um peixe. Um peixe pequeno e insignificante, mas livre.
Despir-me dos problemas, das incertezas, dos medos.
Eu não queria pensar, raciocinar.
Apenas respirar, viver. Apenas ser.

Ah, como eu gostaria.

20.7.10

Biblioteca Mário de Andrade


Se você  mora  na  capital  paulista e  gosta de ler, mesmo que  só um  pouquinho (!),  é hora  de  conhecer ou revisitar a Biblioteca Mário de Andrade e sua seção circulante que reabre amanhã, 21/07, após longo período de reforma (desde o final de 2008).

O acervo da circulante conta com mais  de  2.500 volumes e  está totalmente informatizado; pode  ser acessado  através dos terminais de consulta distribuídos pelas salas da biblioteca, e também pelo site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa.

Circulante: Avenida São Luís, 235 – Centro - São Paulo
(próximo às estações Anhangabaú e República do Metrô).

Empréstimos: 2 títulos por usuário pelo período de 14 dias,
com possibilidade de renovação pelo mesmo período.

Horário: segunda a sexta, das 8:30 às 20:30.
Sábado, das 10:00 às 17:00.

Eu não vejo a hora!

15.7.10

Carência


Por favor, me pegue no colo e me conte uma história com princesa.
Acaricie meus cabelos, me beije com delicadeza.
Seque minhas lágrimas e me aqueça.
Me ponha no berço, mas não saia sem que eu adormeça.
Apague a luz, não esqueça. Não gosto dela acesa.

8.7.10

Você Me Vira a Cabeça

Tento te convencer. Você diz esqueça.
Digo não, jamais. Você diz 'me vença'.

Tropeço em minha fraqueza.
Você se alicerça em tua certeza.

Caio em teus braços. Você me fecha em seu abraço.
Eu me rendo, abro o peito. Fecho os olhos, te enlaço.

Você sussurra: tu me tournes la tête.
Eu repito: tu me tournes la tête aussi.

Tu me fais tourner la tête
(você me faz girar a cabeça)

Je suis toujours à la fête
(estou sempre em festa)

Quand tu me tiens dans tes bras
(Quando você me tem em teus braços)

|Edith Piaf|


___________________________
Almoço: très bon!
"Le Petit Nicolas": c'est formidable!
Tarde completa: c'est jeudi, 8/7/10.

2.7.10

O Que é Felicidade?

"Um dia de sol me deixa feliz e quando minha mãe me dá um monte de beijos, porque beijo é bom. Mas o que eu mais gosto é de comer um prato de macarrão."
|Pedro Brandão Carreiro, 9 anos|

"Se eu quero muito ir no zoológico na sexta e meus pais me levam no sábado, fico muito feliz. Também sinto felicidade quando dou risada e quando como batata frita e queijo quente. Eu amo! E também milk-shake que a mamãe faz, porque ela usa o liquidificador."
|Giulia de Almeida Valadares, 5 anos|

Felicidade é quando tomo sorvete de limão e creme. Eu adoro sorvete! E também brincar com os amigos da escola no parque. E também dormir. E gosto de sexta-feira, porque eu lancho na cantina da escola: como minipizza de queijo. E também, porque depois da sexta-feira vem o sábado e o domingo, e não preciso ir à escola."
|Pedro Monteiro, 6 anos|

“Felicidade é quando minha mãe me faz uma surpresa. Por exemplo, todo dia vou para casa com a perua da escola, mas tem dias em que saio pelo portão e vejo que minha mãe está lá, que ela veio me buscar. Fico muito feliz! Sinto uma alegria bem grande!”
|Lucas Pimentel Tabosa do Egito, 6 anos|

“Fico feliz com cinco coisas: amor, brincar, abraço, saúde e estudar em escola boa. E eu tenho tudo isso. Quem me dá amor é meu pai, minha mãe e meu irmão de 2 anos. E esse amor é felicidade. Sou tão feliz que isso é muito mais do que 1 trilhão e 600 mil!”
|Beatriz Alves dos Santos, 7 anos|

Ah crianças! Sábias crianças! Temos muito o que aprender com elas.
A felicidade está bem mais próxima de nós do que imaginamos.
Des-com-pli-que-mo-nos! A vida é agora!


Solar

"Minha mãe cozinhava exatamente:
arroz, feijão-roxinho, molho de batatinhas.
Mas cantava."

|Adélia Prado, in "O Coração Disparado"|

_________________________________________________
PS: as declarações das crianças foram extraídas da revista "Bons Fluídos", da Editora Abril.